Casa da Juventude de Guimarães
Casa da Juventude de Guimarães
1ª Newsletter CJG
Ainda antes de ser decretado estado de emergência no nosso país, a equipa e alguns jovens voluntários, meteram mãos à obra e deram uma nova vida à casa que tantas pessoas acolhe, a nossa casa. Agora, de cara lavada, deixámos os registos de como estamos prontos a poder-vos receber novamente, quando tudo isto passar. Sim, porque VAI TUDO FICAR BEM!
As atividades presenciais da Casa da Juventude estão suspensas até novas ordens, no entanto, mais tarde ou mais cedo, os eventos vão realizar-se e apelamos todos os leitores ter um papel na programação de atividades. Desafiamos todos os que nos acompanham, não a pensar num sonho abstrato, mas sim numa ATIVIDADE DE SONHO preferencialmente com ou para JOVENS.
Ler Mais
A Casa da Juventude não tem as portas abertas fisicamente. Apesar disso, continua disponível para apoiar os jovens. O nosso objetivo é, através da linha telefónica ou e-mail, criar um espaço onde possas esclarecer as tuas dúvidas.
Ler Mais

A Casa nos dias de hoje...

Destino. Comummente assumimos o destino como o espaço-tempo de chegada, depois da partida. O indivíduo chega, aparentemente, ao seu destino. Diz-se aparentemente porque a vida é, não raras vezes, organizada para se alcançarem pequenos desafios de uma existência maior.

Neste desafio pelo qual todos nós passamos atualmente, o destino é um lugar ainda não plenamente definido, afinal, ainda é tudo muito incerto e num  tempo demasiado circunscrito. Por isso, começamos por desvendar que ao longo desta jornada , demos conta do quão exigente pode ser estudar e/ou trabalhar a partir de casa.

Não obstante todas as barreiras e restrições, não baixamos os braços e continuamos a desbravar caminho nesta nova realidade. As instalações da casa encontram-se fechadas, mas a equipa está operacional em regime de teletrabalho para o esclarecimento de dúvidas e apoio em diversas questões.

Ficam aqui as caras de quem, todos os dias, dá o seu melhor para pensar e repensar em novos projetos e respostas que possam ser importantes nesta fase.

Assim, reiteramos que a Casa da Juventude de Guimarães está, fisicamente, de portas fechadas mas as suas redes sociais são uma janela aberta para toda a comunidade. Neste período de isolamento, fiquem atentos à página do Facebook e Intagram e aproveitem as propostas de desafios para que possam ocupar o vosso tempo, da melhor maneira.

A nossa equipa

Ficam aqui as caras de quem, todos os dias, dá o seu melhor para pensar e repensar em novos projetos e respostas que possam ser importantes nesta fase.

Testemunhos

É um privilégio quando temos ao nosso lado pessoas tão maravilhosas como vocês. Nunca vou conseguir agradecer-vos por total, mas vou fazer de tudo para vos pôr com um sorriso na cara! Os verdadeiros amigos são aqueles que aparecem nas horas mais difíceis de nossas vidas, e vocês mais uma vez provaram, como o Alexandre disse, que não ficam pelas palavras.. Não sei, mas é estranho para mim ter ido lá parar, porque eu nunca soube daquilo e fui lá para passar o tempo e agora sempre que estou lá não sei explicar, vocês são incríveis! E jamais esquecerei cada palavra que vocês me disseram para me porem com um sorriso na cara, e saibam que sempre poderão contar comigo, mesmo que eu esteja na outra ponta do mundo ou mesmo muito chateada com vocês! Estou mesmo sem palavras...
Anónimo

Anónimo

Começo já por desvendar que, no meu grupo informal, fui compreendendo que tornar-me agente de mudança social acaba por ser uma tarefa de vida nunca completa e acabada, porque estará sempre em permanente (re)construção. Concretizei um conjunto de aprendizagens coletivas que me permitiram um enorme desenvolvimento pessoal, nas várias dimensões da minha existência. O débito de alguns companheiros de grupo e de caminho é impagável. Trago comigo a profunda convicção de que o meu percurso de vida é infinitamente mais feliz e realizado humana e profissionalmente pelo facto de me ter cruzado com pessoas que me faziam e fazem, todos os dias reitero, todos os dias questionar-me, questionar o mundo e o meu lugar nele.
Anónimo

Anónimo

100

Voluntários

50

Parcerias

5500

Ajudas Semanais

10

Campos

Últimas Novidades

O MUNDO FORA DE PORTAS

Apesar das atividades da Casa se encontrarem a meio gás, continuamos a pensar e submeter projetos de futuro, a dar […]

DIA DO ASSOCIATIVISMO JOVEM (30 DE ABRIL)

Abril é o mês, é o nosso mês! A Casa da Juventude de Guimarães, enquanto associação juvenil, assinala o Dia […]

ATÉ QUE PONTO A LIBERDADE AINDA É LIBERDADE?

Por Maria João Faria Numa época em que Portugal e o mundo atravessa a maior crise dos últimos 100 anos, devido […]

VEM FAZER PARTE DA NOSSA EQUIPA!!

Colaborações e Parcerias

Ao longo dos anos a CJG tem alargado a sua rede de parcerias e colaborações, dando respostas a algumas necessidades das instituições parceiras. Assim, dá-mos conta de alguns trabalhos desenvolvidos. Na Escola Básica Arqueólogo Mário Cardoso, demos o nosso apoio às aulas de cidadania, foi um pedido vindo dos jovens da turma do 7ºC para que, juntos, pudéssemos levar a cabo um projeto de voluntariado, que fizesse a diferença na sua escola.
Uma outra colaboração que acontece todas semanas é na Escola Francisco de Holanda, onde atuamos na turma do Curso Profissional Técnico de Geriatria. Aqui temos oportunidade de dar aso à nossa imaginação e criatividade no que diz respeito à expressão dramática e corporal, de forma a capacitar os jovens com ferramentas importantes para o seu futuro profissional. Às segundas e quintas-feiras, encontramo-nos na Escola Básica Professor João de Meira com os meninos do Centro de Apoio à Aprendizagem. Aqui, desenvolvemos atividades e fazemos desporto. Juntos, durante uma hora e meia, praticamos judo, uma modalidade inclusiva onde, como nos diz o Mestre, “fazemos amigos para a vida”.

"O que fizermos por nós morre connosco, o que fizermos pelos outros será imortal!"